Gostou? Compartilhe! :)

É comum pensar que o engenheiro civil apenas constrói prédios, casas, realiza cálculos estruturais e acompanha uma obra. Mas apesar desta crença, a engenharia civil aborda inúmeras áreas e atividades.

Se mostrando um dos cursos superiores que mais oferece opções para os alunos. Visto que ao se formar, o profissional poderá escolher trabalhar em inúmeras áreas, além de poder contar com especializações que apenas aumentam o leque de opções.

A seguir, conheça algumas das áreas da engenharia civil e especializações.

Construção civil

A primeira opção que vem à mente quando se pensa em engenharia civil. Esta é uma área com grandes oportunidades de crescimento e procura em todo o Brasil. Se concentrando na construção, planejamento e gerenciamento de obras para uso civil.

Materiais de Construção

O engenheiro que se concentra nos materiais terá uma grande procura, principalmente pela área estar diretamente ligada a diversos tipos de setores da construção.

Ele irá trabalhar procurando novos usos, tecnologias e formas de melhorar a utilização dos materiais. Além de poder se especializar e atuar diretamente na confecção de novos produtos.

Cálculo estrutural

O engenheiro que opta em trabalhar nesta área irá passar a maior parte do tempo em um escritório, trabalhando em conjunto com outros profissionais.

Em suma, ele irá realizar cálculos para descobrir a resistência de materiais, a utilização dos mesmo e novas maneiras de construir. Sempre buscando a maior eficiência, segurança e harmonia possível.

Geotecnia

Pouco conhecida dentro da engenharia civil, abrange a mecânica do solo. Ou seja, o engenheiro irá estudar como o solo é afetado devido as obras, escavações e a utilização em geral do terreno.

Apesar da impopularidade pelas pessoas de fora da área, é de grande importância que obras de médio e grande porte façam uso do profissional, uma vez que será ele um dos principais responsável pela segurança de uma construção.

Ambiental (por meio de especialização)

É difícil não estar ciente da necessidade de preservação do meio ambiente. E a engenharia civil pode ser ligada a uma especialização ambiental, permitindo que o profissional desenvolva trabalhos com resíduos sólidos, poluentes, líquidos, entre outros.

Ao contrário do engenheiro ambiental, o engenheiro civil especializado na área ambiental irá focar nas construções e seus poluentes, raramente lidando com o fator social diretamente.

Estradas e transportes

Para aqueles apaixonados por estradas, a engenharia civil permite que o profissional trabalhe com pavimentação de estradas, manutenção, pavimentação de rodovias, na área de planejamento, logística e pesquisa.

Apesar de que algumas dessas áreas requerem uma especialização, algo que pode ser obtido facilmente em um dos números centros de ensino no Brasil.

Fique por dentro das melhores oportunidades, é grátis! >> Cadastre-se <<

Segurança do Trabalho

O profissional que se forma em engenharia civil estará em inúmeros momentos sob riscos no trabalho. Sendo o responsável pela segurança no trabalho aquele quem deve garantir a integridade dos trabalhadores.

E mesmo que existam graduações focadas na segurança do trabalho, o engenheiro civil pode se especializar e atuar na área, controlando os riscos de acidentes, níveis de poluentes, calor, radiação e muitos outros.

A engenharia civil permite que profissionais de todos os tipos possam encontrar uma área onde se familiarize. Se mostrando uma excelente opção para aqueles que se interessam por construções, mas ainda não se decidiram que direção querem seguir.


Por: Carlos Alberto – Engenheiro Civil especializado em Segurança do Trabalho e blogueiro

Fonte: www.engcarlos.com.br

Imagem em destaque: Foto/Reprodução internet