Gostou? Compartilhe! :)

Depois de assistirmos à tantas transformações no mercado de trabalho, um dos documentos mais importantes e tradicionais na conquista de vagas deve ser o próximo a passar por mudanças: o currículo.

Aquele modelo clássico ganha novas versões, principalmente com algumas diferenças em sua estrutura e conteúdo. Isso acontece como reflexo do novo tipo de informações que são buscadas pelos recrutadores.

Não se trata mais de falar apenas dos seus dados pessoais, acadêmicos e profissionais de forma básica. Outras alternativas podem agregar valor à sua apresentação e chamar a atenção das empresas.

Veja a seguir algumas ideias nesse sentido.

1. Elimine alguns dados pessoais

Talvez você ainda não saiba, mas há uma tendência mundial de eliminar do currículo informações como idade, nacionalidade, endereço, raça etc. Algumas pessoas optam até por deixar seus nomes abreviados e criar um outro e-mail que não “entregue” seus dados pessoais.

Isso pode ser importante para evitar alguns tipos de preconceito (que ainda acontecem) ou benefícios a determinados candidatos no processo seletivo. A Nubank, por exemplo, é uma das empresas que já adotaram uma fase às cegas em sua seleção de novos funcionários.

2. Esqueça da foto do currículo

A preocupação de ter uma foto adequada para colocar no seu currículo não precisa mais fazer parte da sua vida. Segundo especialistas, dificilmente uma empresa contrata alguém hoje sem consultar o seu perfil nas redes sociais (especialmente o LinkedIn).

Portanto, considere colocar diretamente o link das sua página pessoal e trate de manter as suas informações sempre atualizadas — e apropriadas para receber a visita de possíveis interessados no seu trabalho!

3. Priorize os seus resultados

Muita gente ainda “gasta” grande parte do conteúdo do currículo descrevendo cargos e atividades desempenhadas em seus empregos anteriores. Contudo, as novas tendências indicam que é muito mais válido focar nos resultados que você foi capaz de agregar à essas experiências passadas.

É muito mais interessante dizer como você contribuiu para o seu ambiente de trabalho do que os tipos de tarefas pelas quais era responsável. Isso demonstra o seu comprometimento e a sua entrega.

Aliás, existem muitos chefes por aí que não apresentam resultados satisfatórios, enquanto há pessoas que ocupam cargos mais baixos que conseguem promover grandes mudanças.

4. Aposte nos vídeos

Ainda que não faça totalmente parte da nossa realidade — por enquanto —, já existem muitas seleções que pedem apresentações profissionais por vídeo. Elas acabam servindo como um complemento do currículo, dando a oportunidade do candidato se sobressair além das razões que estão descritas no papel.

Isso não significa que o currículo físico vai deixar de existir, mas que os recrutadores estão em busca de conhecer os diferenciais das pessoas de outras formas. Portanto, não deixe de investir na sua forma de comunicar-se para conseguir maior destaque!

Continue acompanhando o Estágio Online para mais notícias, cursos gratuitos, vagas de estágio e emprego e dicas de especialistas.

Também temos diversas bolsas de estudo em mais de 1.200 faculdades de todo país, confira aqui: http://estagioonline.com/bolsas-estudo

Desejamos sucesso em sua jornada!


Imagem em destaque: Foto/Reprodução internet