Gostou? Compartilhe! :)

Uma boa redação precisa de um ótimo conteúdo, coerência e atenção de todos os detalhes. Especialmente quando se trata de redação para Concursos Públicos. Para fazer bons textos é fundamental ter o hábito de leitura, e utilizar todas as regras da língua Portuguesa, e as técnicas de redação a seu favor.

Um texto é composto de três partes essenciais: introdução, desenvolvimento e conclusão. O correto é haver um elo entre as partes, como se formassem a costura do texto.

Na introdução é onde o tema abordado é apresentado, não deve ser muito extensa, e aconselha-se que tenha apenas um parágrafo de quatro a seis linhas. O desenvolvimento é o “corpo” do texto, a parte mais importante dele. É onde se expõe o ponto de vista, e argumenta de uma forma lógica para que o leitor acompanhe seu raciocínio. Nesta parte do texto faz-se uso de, no mínimo, dois parágrafos. A conclusão é o fechamento. Mas é válido lembrar que a introdução, desenvolvimento e conclusão são ligados e dependentes entre si para que a coesão e coerência textual sejam mantidas e o texto faça sentido.

Este curso de redação para concursos públicos sobre produção de textos em concursos, com vista ao desenvolvimento de sua estruturação e aprimoramento do estilo de escrita do participante, é dirigido a quem vai prestar concurso em que seja necessário redigir.

Carga Horária:

12 horas/aulas

Acesso:

Login do curso ativo com acesso ilimitado por 90 dias.

Para se inscrever e ter toda a base do curso, acesse: Aqui.


Adaptado de Canal do Ensino

Imagem em destaque: Foto/Reprodução internet