Gostou? Compartilhe! :)

Muitos brasileiros têm o sonho de estudar em Portugal, mas muitas vezes a falta de informação acaba por impedir este sonho. Neste artigo vamos te ajudar a entender como funciona para validar o diploma brasileiro em Portugal.

A boa notícia é que nem todas as profissões e cursos precisam ser validados nas terras portuguesas. Se você vier para Portugal estudar a validação do diploma não é obrigatória. Você precisará validar o diploma apenas em algumas situações, são elas:

O brasileiro que quiser fazer um estágio profissional em Portugal através do Instituto do Emprego e Formação Profissional – IEFP – precisará validar seu diploma. Nessa opção, validar o diploma brasileiro em Portugal é obrigatório para ter a equivalência das disciplinas cursadas no Brasil.

Quanto custa validar o diploma brasileiro em Portugal
A validação do diploma varia de acordo com cada instituição de ensino. Na Universidade do Minho, em Braga, o custo em média é de € 200,00 e o prazo mínimo é de 30 dias úteis. Já na Universidade do Porto, o custo é de € 430,00 para a licenciatura e € 470,00 para o mestrado. O prazo máximo é de 60 dias úteis. Já para o curso de Medicina é preciso uma avaliação mais minuciosa das disciplinas cursadas e em alguns casos se faz necessário um teste de nivelamento dos conhecimentos. Em Portugal, o profissional de medicina precisa ter grau de mestre para exercer a profissão. Os cursos no país português tem duração de 6 anos, 5 anos para licenciatura e 1 ano de mestrado.

Erasmus em Portugal

Se você vier fazer Erasmus em Portugal (estudar um semestre da graduação no país) basta ter sido aprovado pelo ENEM. Como o Brasil e Portugal são países irmãos, temos muitas vantagens por aqui. No ano 2000, um Tratado de Amizade, Cooperação e Consulta entre Portugal e o Brasil, assegurou o reconhecimento e a validação dos diplomas acadêmicos entre os dois países.

Se você vier fazer um Mestrado ou Doutorado, basta apresentar o seu Diploma, histórico de notas, média geral do curso (é preciso fazer um cálculo, porque em Portugal a nota vai de 0 a 20 e não até 10 como no Brasil) e a grade curricular com as cargas horárias. Algumas universidades também pedem um currículo profissional e uma carta de motivação para a entrada no curso. Não há provas de seleção, basta ter um bom currículo e um histórico escolar com média acima de 10 na contagem portuguesa.

O Mestrado em Portugal é praticamente uma extensão do curso de licenciatura, porque depois do Tratado de Bolonha, a duração dos cursos de gradução variam entre seis e oito semestres. E o segundo ciclo, o Mestrado, tem duração entre três e quatro semestres.

Para validar o diploma brasileiro em Portugal procure uma Instituição de ensino superior com um curso similar ao cursado no Brasil. O mesmo vale para quem estudar em Portugal e validar o diploma português no Brasil.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre como funciona a validação do seu diploma aqui em Portugal não perca tempo. Procure o curso que pretende fazer (ou continuar) e se jogue! A experiência vale a pena e a sua vida vai mudar!


Fonte: Eurodicas

Imagem em destaque: Foto/Reprodução internet