Gostou? Compartilhe! :)

Os profissionais formados em cursos tecnológicos ganhando cada vez mais espaço no mercado e garantindo boa remuneração, mesmo no início da carreira. Além da curta duração, com média de 2,5 anos, outra vantagem da formação superior em grau Tecnológico é que os currículos são remodelados com maior frequência para atender às necessidades de cada profissão.

Redes de Computadores, Construção Civil, e Análise e Desenvolvimento de Sistemas estão no topo da lista das dez áreas que mais valorizam os tecnólogos. O ranking considerou as médias salariais nacionais de cargos representativos de cada formação.

Confira a lista dos dez cursos mais bem pagos do mercado atual e as principais atribuições da cada carreira!

1 – Tecnologia em Redes de Computadores

Este tecnólogo elabora, implanta, gerencia e mantém projetos de redes de computadores. Sua atividade profissional é voltada aos processos de conectividade, de diagnóstico e solução de problemas referentes à comunicação de dados. O mercado de trabalho na área de TI oferece rápida valorização salarial e está entre os mais promissores do País.
Médias salariais nacionais:
-Gerente de Administração de Redes – R$ 9,5 mil
-Consultor de Administração de Redes – R$ 5,4 mil
-Analista de Administração de Redes Pleno – R$ 2,9 mil

2 – Tecnologia em Construção Civil

O setor da Construção Civil é um dos que mais cresce no país.  O curso de tecnologia nesta área forma profissionais capazes de gerenciar, planejar e executar obras, fiscalizando a qualidade dos materiais e os procedimentos adotados em todas as etapas. Este tecnólogo também acompanha cronogramas financeiros.
Médias salariais nacionais:
-Coordenador de Obras: R$ 8 mil
-Coordenador de Projetos de Construção Civil: R$ 7,3 mil
-Tecnólogo em Construção Civil: R$ 3,6 mil

3 – Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

O tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas analisa, projeta, documenta, especifica, testa, implanta e mantém sistemas computacionais de informação. Pesquisas indicam que cerca de 100 mil vagas são abertas todos os anos para profissionais de TI, e boa parte delas não são ocupadas por falta de candidatos com capacitação adequada.
Médias salariais nacionais:
-Gerente de Desenvolvimento de Sistemas: R$ 15 mil
-Analista de Programação: R$ 5,7 mil
-Analista de Desenvolvimento de Sistemas – R$ 4,9 mil

4 – Tecnologia em Secretariado

O Secretariado é uma das profissões que mais cresceram em abertura de vagas nos últimos anos. O foco de grande parte dos cursos de Tecnologia é em automação de escritório, que envolve banco de dados e gerenciamento de informações. Este profissional assessora executivos e equipes, planeja, organiza e executa atividades das áreas que atende. Também é responsável pela organização de eventos e viagens.
Médias salariais nacionais:
-Secretária Executiva Trilíngue: R$ 6 mil
-Secretária de Diretoria: R$ 3 mil
-Assistente Executivo: R$ 2,6 mil

5 – Tecnologia em Processos Gerenciais

O tecnólogo em Processos Gerenciais desenvolve e implanta planos de negócios, utilizando métodos e técnicas de gestão. Ele atua com foco nos processos de comercialização, suprimento, armazenamento, movimentação de materiais e no gerenciamento de recursos financeiros e humanos. Este profissional desempenha função estratégica, por isso tem vasto campo de trabalho em empresas privadas ou estatais, órgãos da administração pública e também em organizações não governamentais.
Médias salariais nacionais:
-Gerente Administrativo e Financeiro: R$ 5,7 mil
-Supervisor de Recursos Humanos: R$ 3,1 mil
-Administrador de empresas: R$ 2,5 mil

6 – Tecnologia em Comércio Exterior

O tecnólogo em Comércio Exterior gerencia operações como transações cambiais, despacho e legislação aduaneira, importação, exportação e logística internacional. Este profissional prospecta e pesquisa mercados em todos os continentes e pode também controlar fluxos de embarque e desembarque de produtos. O constante incremento das relações comerciais internacionais do Brasil garante boas perspectivas para este profissional.
Médias salariais nacionais:
-Supervisor de Comércio Exterior: R$ 5,2 mil
-Analista de Relações Internacionais: R$ 3,2 mil
-Analista de Desembaraço Aduaneiro: R$ 2,2 mil

7 – Tecnologia em Gestão Comercial

A atuação deste tecnólogo é voltada ao gerenciamento das transações comerciais de qualquer setor. Ele deve entender de viabilidade econômica, financeira e tributária, planejar e operar sistemas de informações comerciais, promover o relacionamento com os clientes e definir estratégias de venda de serviços e produtos. Encontra oportunidades de trabalho com facilidade, especialmente em grandes centros.
Médias salariais nacionais:
-Gerente Comercial Regional: R$ 4,8 mil
-Coordenador Comercial: R$ 3,6 mil
-Analista Comercial: R$ 2,6 mil

8 – Tecnologia em Mecatrônica

A crescente automatização dos processos industriais vem criando muitas oportunidades de trabalho para o tecnólogo em Mecatrônica Industrial. Este profissional atua na execução de projetos, instalação, manutenção e integração de sistemas, além da coordenação de equipes. Ele precisa dominar tecnologias como Robótica, comando numérico computadorizado, sistemas flexíveis de manufatura, interfaces homem-máquina, entre outras.
Médias salariais nacionais:
-Líder de Manutenção Mecânica: R$ 4,3 mil
-Analista de Automação: 3,8 mil
-Analista de Manutenção: R$ 3 mil

9 – Tecnologia em Gestão da Qualidade

O tecnólogo em Gestão da Qualidade avalia os procedimentos, práticas e rotinas de trabalho de uma organização, dominando e aplicando as normas e padrões dos sistemas de certificação. Este profissional tem vasto campo de trabalho como auditor interno ou em entidades de certificação da qualidade de serviços, processos e produtos. É um setor bastante aquecido, em função da crescente exigência de certificações, especialmente nas relações comerciais.
Médias salariais nacionais:
-Coordenador de Qualidade: R$ 4,1 mil
-Auditor de Sistemas da Qualidade: R$ 3,5 mil
-Gestor da Qualidade: R$ 2,5 mil

10 – Tecnologia em Design Gráfico

O tecnólogo em Design Gráfico alia competências das artes, comunicação e design. Ele pode desenvolver o projeto gráfico de jornais, revistas, livros e outros materiais impressos. Também detém conhecimentos para produzir e editar imagens e infográficos, além de criar páginas e portais da internet e animações em meio digital. Há uma grande demanda por este profissional em empresas jornalísticas, cinematográficas, escritórios de design e agências de publicidade.
Médias salariais nacionais:
-Designer Gráfico: R$ 3 mil
-Analista de Criação: R$ 2,7 mil
-Tecnólogo em Design: R$ 1,8 mil


Fonte: MSN

Imagem em destaque: Foto/Reprodução internet